Em 1988 foi publicada no Reino Unido “A guia do consumidor verde”, todo um éxito de vendas. Pode-se ler um estracto desta na mui recomendável compilaçom de Andrew Dobson “Pensamiento verde: Una antología“. Neste mesmo livro recolhe-se um outro texto dedicado à denúncia do consumismo verde, tirado dum informe de Friends of the Earth-UK publicado em 1989. A denúncia do consumismo verde nom é nova, já que logo, mas se custa luitar contra o consumismo em geral, mais complicado é quando este vai acompanhado dumha apropriaçom do discurso ecologista/solidário que engade “consciência tranquila” ao acto de comprar sem necessidade.

O International Forum on Globalization vem de elaborar um mui bom vídeo sobre este assunto.

Xosé Maria Garcia

Something to say?